Loading...
A freira de Torres Vedras

Quando a freira entra no táxi, o motorista não para de a olhar.

– Que se passa meu jovem que quase não olhas para a estrada?

– Bem… sabe, é que eu sempre desejei beijar uma freira…

-Talvez possamos resolver isso na condição de seres católico e solteiro.

– É a realidade, sou católico e solteiro.

– Então para num local discreto que satisfaço o teu desejo.

Dito e feito, o taxista beija a freira mas, ao retomar o caminho fica muito acabrunhado, o que não passa despercebido á religiosa:

– Que se passa? Não ficaste contente?

– Sabe, é que eu menti… sou casado e sou muçulmano….

– Não te preocupes, eu sou o Sérgio e vou para o carnaval de Torres Vedras!”